terça-feira, 26 de outubro de 2010

Estudo aponta que a web contribui para permanência de missionários no campo

A base missionária Wycliffe Bible Translators lançou um novo levantamento detalhando “O uso extensivo de tecnologia quanto os missionários no campo”.
A pesquisa, que incluiu respostas de mais de 800 missionários ativos espalhados por todo o mundo, constatou que cerca de um terço de todos os missionários da Wycliffe usa e-mail diariamente para se comunicar com familiares, amigos e incentivadores da obra missionária. Segundo tais estudos, a possibilidade de se manter a conexão on-line, estende a longevidade da permanência do missionário em terras estranhas. “Apenas 10 anos atrás, os missionários estavam confiando em cartas e eventuais telefonemas internacionais para manter contato com seus entes queridos, o que contribuía para a saudade de casa. Hoje, eles estão a apenas um email de distância”, disse Bob Creson , CEO da Wycliffe.
A Wycliffe foi fundada em 1942 por William Cameron Townsend , missionário entre os índios da Guatemala Cakchiquel. Após aprender a língua nativa daquele povo, ele traduziu a Bíblia Sagrada e disponibilizou para todo a tribo. Passou a defender e difundir a proposta de esforço para que cada povo tivesse um exemplar das Sagradas Escrituras em sua língua.
Desde a sua criação, Wycliffe fez grandes progressos na tradução da Bíblia em todo o mundo. Desde então, têm desempenhado um papel no preenchimento mais de 700 traduções das Escrituras.