sábado, 26 de fevereiro de 2011

Nova identidade alemã tem chip RFID

Nova identidade alemã tem chip RFID

Nova carteira de identidade alemã deve entrar em circulação em novembro



SÃO PAULO – Em novembro deste ano, a carteira de identidade em uso na Alemanha será substituída por novo modelo com funções de assinatura eletrônica.
Ela terá a mesma forma e tamanho de um cartão de crédito e, além de permitir a verificação da identidade de forma mais rápida, poderá ter aplicações para compras online e telefonia.
Entre os parceiros do governo estão os institutos Fraunhofer's FOKUS e Fraunhofer Institute for Secure Information Technology SIT. Nessas instituições, os pesquisadores testam a segurança e a funcionalidade dos novos modelos.
A carteira de identidade contará com um chip RFID, e seus dados poderão ser lidos wireless. Para garantir que somente pessoas autorizadas tenham acesso a eles, a informação é protegida por criptografias e protocolos seguros.
O dono do cartão também tem um PIN, código de seis dígitos que autentica o usuário.
Entre as vantagens apontadas está a validação de identidades na Internet (eID) para aumentar a  confiança das transações online.
Com seu PIN, o cidadão ativa a eID e pode, além de fazer compras, realizar ligações VoIP. Se os bancos oferecerem o uso da eID, também é possível fazer transações via telefone mais seguras – inclusive para o banco, que tem a certeza de que, do outro lado da linha, está o cliente.
Desde 1º de janeiro, empresas e instituições podem participar dos testes realizados com a nova tecnologia. No futuro, ela poderá ser aplicada também a autenticação via celular: bastaria que o chip RFID da identidade fosse lido pelos aparelhos móveis.