quarta-feira, 2 de novembro de 2011

I Congresso da União Feminina em Florêncio Varella


Grupo da União Feminina de Florêncio Varella, com pastores e líderes
Grupo da União Feminina de Florêncio Varella, com pastores e líderes
Entrega dos certificados da Escola da mulher Obreira - Dcª Rosane Bottini (à esq.) foi uma das palestrantes
Entrega dos certificados da Escola da mulher Obreira - Dcª Rosane Bottini (à esq.) foi uma das palestrantes
Coral da União Feminina
Coral da União Feminina
Três novos crentes desceram às águas
Três novos crentes desceram às águas
Dcª Marta Braga (à esq.) ministrou a Palavra de Deus, sendo traduzida pela missionária Rosane da Silva
Dcª Marta Braga (à esq.) ministrou a Palavra de Deus, sendo traduzida pela missionária Rosane da Silva
A missionária Rosane da Silva enviou notícias do I Congresso da União Feminina realizado em Florêncio Varella. Confira:
Quero cumprimentar a todos com a Paz do Senhor Jesus. Estamos felizes por tudo que Deus fez neste final de semana na Cidade de Florêncio Varella - Província de Buenos Aires, Argentina.
Nos dias 07, 08 e 9 de outubro, a União Feminina de Florêncio Varela/AR realizou seu primeiro congresso. Tivemos que improvisar nosso culto dentro de um depósito na casa de um de nossos irmãos, no primeiro dia, por causa da forte chuva e do acúmulo de barro que impossibilitaram nossa chegada ao novo templo construído. Estiveram conosco as irmãs das Províncias de Neuquén, Corrientes, Misiones, La Rioja e da região de Buenos Aires. Deus também nos deu a honra de receber alguns de nossos irmãos: o Pr. Jorge Silva e sua esposa, irmã Rosany Riella da Silva, supervisora da União Feminina em Corrientes e Misiones, o Missionário Gilberto Rodrigues e sua esposa, irmã Miriã Rodrigues, as missionárias Lisiane Gonçalves, Sonia Ramirez e a irmã Nelci Gonçalves, de Monte Caseros. Recebemos também nossas irmãs do Brasil, Rosane Bottini e Marta Braga, que foram porta voz de Deus neste lugar. No louvor, tivemos o Coral da UF de Nonogasta (La Rioja), o Grande Coral Regional da UF (Buenos Aires), o Coral da UF de Sauce (Corrientes) e grupos locais.
Na sexta-feira, a irmã Marta Braga ministrou a palavra de Deus, nos deixando uma mensagem sobre Moisés e nos orientando a não fazer a obra pelas nossas forças naturais. Mesmo com as fraquezas de Moisés, Deus percebeu nele um coração desejoso de fazer a obra. Devemos saber que para ter unção e poder de Deus temos que deixar as coisas velhas e se entregar ao sobrenatural de Deus. Sabemos que tudo na vida termina: os amigos, a casa, o carro; os filhos casam-se e vão embora, mas as coisas de Deus permanecem até o fim. Importa deixar os costumes, as coisas velhas, se queremos ver o sobrenatural de Deus.
                No sábado, durante o jejum, as irmãs do Brasil transmitiram mensagem de vitória para as famílias, ensinando as irmãs a cuidar de sua família e instruí-la no caminho do Senhor. A irmã Rosane Bottini ministrou sobre a vida de Davi que foi um valente enfrentando o gigante Golias e que foi escolhido por Deus para cumprir um projeto na terra, mostrando que Deus levanta pequenos, como nós, para declarar vitória ao seu povo, mesmo em meio às afrontas do diabo. Devemos ter coragem para negar a vaidade, para enfrentar o mundo e dizer não para aquilo que não agrada a Deus e fere sua santidade. Nossa guerra não é contra carne e nem sangue e quando a igreja descobrir estas armas poderosas que são o jejum e a oração, a igreja será vitoriosa. Davi chegou diante do sacerdote Aimeleque sem suas armas e escolheu lutar com a espada de seu inimigo, o qual havida derrotado no passado. Isso nos deixa a revelação de que não devemos usar as armas do inimigo para lutar, lembrando que o próprio Deus vem em nossa defesa.
No domingo de manhã, na continuação do nosso jejum, as irmãs nos deixaram o ensinamento de como devemos pagar o preço pela nossa família, pelo nosso chamado, e que não devemos pagar o preço motivados pela emoção ou fazer alguma coisa porque os outros fazem. Ainda que tenhamos unção e poder de Deus devemos sempre nos humilhar. Na segunda parte do estudo, recebemos um ensinamento a respeito das virtudes de Abigail. Ela pagou o preço pelos seus, ainda que estivesse num jugo desigual espiritual com seu esposo. Mesmo sendo difícil a convivência, ela foi vencedora e demonstrou ser uma mulher virtuosa.
À tarde, tivemos o batismo nas águas, em que três novos crentes declararam Cristo como o verdadeiro Deus.
O culto à noite não foi diferente. Deus, mais uma vez, derramou do seu grande amor sobre nós. Começamos o culto às 17hs e encerramos às 22hs. Tivemos um encerramento com a palavra de Deus ministrada novamente pela irmã Marta Braga, que falou a respeito da vida de Elias, mostrando que ele foi feliz na escolha do seu companheiro de batalha, Eliseu. Eliseu e Elias resolveram sair de Gilgal (que significa andar em círculos) e foram para Betel (que significa Casa de Deus). A igreja precisa de crescimento e maturidade espirituais para não ficar andando em círculos. Elias e Eliseu deixaram Gilgal e foram viver uma nova experiência na casa de Deus. Existem muitas vozes que querem nos desanimar a deixar o caminho que Deus traçou para nós. Mas nós devemos resistir e não dar crédito à voz do inimigo, porque somos mais que vencedores em Cristo. Devemos passar pelas provas sabendo que a unção vem por meio da humilhação e se não perdoarmos não veremos os milagres.
Confiando que o Deus que começou a boa obra há de completá-la, me despeço com a doce paz do Senhor Jesus, saudando a todas nossas guerreiras da União Feminina.
Missionária Rosane da SilvaSupervisora d