quarta-feira, 30 de abril de 2014

Pr. Marco Feliciano fora da lista dos Gideões 2014


Alguns sites, blogs e redes sociais estão informando que o Pr. Marco Feliciano não prega no Gideões 2014

O Congresso dos Gideões Missionários da Última Hora é considerado o maior congresso do Brasil, pois segundo alguns, reúne cerca de 120 mil pessoas, outros já dizem que reúne 500 mil pessoas, não sabemos o certo, mas o que estão comentando por aí, é que o pastor Marco Feliciano não prega este ano em 2014. 

Como não gostamos de propagar boatos por aí, fomos até o site oficial dos Gideões, clicamos no CTRL + F a fim de procurar o nome do referido pastor e para nossa surpresa o nome do pastor Marco não figurava na lista. 
Será que isto é verdade? Pelo que tudo indica, sim.

A verdadeira razão não sabemos, mas dizem por aí, que tanto ele como alguns outros pastores estão envolvidos em escândalos, não queremos nos precipitar em dizer que tipo de escândalo foi, mas o fato é que o Gideões Missionários é um dos grandes responsáveis em projetar o pr. Marco a nível nacional e, mesmo com alguns escândalos envolvendo o nome do pastor, era curioso perceber que ele continuava sendo um dos pregadores mais esperados no Gideões, muita gente idolatrando este pastor, como cegos, sem enxergar que ele estava se beneficiando financeiramente de muitos evangélicos, lucrando bastante com cachês e vendas de dvds e livros produzidos pela sua equipe. 

A cada Gideões, mais agendas surgiam. O pastor Marco se tornou tão popular no Brasil que conseguiu se eleger como deputado federal, depois passou a presidir a Comissão de Direitos Humanos, o que originou muita polêmica na mídia e perseguição por parte do movimento LGBT. Após entrar para a política, o pastor Marco aspirava a presidência, porém, acho que não teve muito sucesso.

Olha, se for para um evangélico governar o Brasil, creio que Deus até poderia permitir tal feito, mas não acredito que Deus colocaria alguém no poder do Brasil somente para se beneficiar com isto, ou seja, somente para se auto-projetar cada vez mais. Sendo evangélico ou não, a primeira coisa que um presidente do Brasil deve ter é honestidade e palavra, ou seja, deve ser uma pessoa que cumpre com suas obrigações e compromissos, e tal pastor tinha processos neste sentido, porque deixou de comparecer em um evento no RS, porque em outro evento receberia mais. 

Não podemos comprovar tais alegações, somente Deus conhece o coração deste pastor, mas se tivermos discernimento de espírito podemos notar, até certo ponto, um ar de certa soberba neste pastor, o que não é aprovado por Deus.

É verdade que muitos que hoje fazem a obra de Deus são perseguidos, não sei se este é o caso do pastor. Alguns dizem que a árvore que mais recebe pedras é a que mais dá fruto... Mas não podemos aceitar qualquer tipo de atitude.

Só Deus sabe se é por isso que ele está sendo perseguido. Mas, e se ele estiver sendo perseguido porque realmente fez coisas erradas? Como devemos agir? 

Em primeiro lugar, devemos orar por ele. 

Não devemos aprovar as ações de quem erra, mas não podemos deixar de amar quem pratica o erro, isto é certo. Mas, também não podemos consentir com o erro dentro da igreja, ou aceitar o erro só porque alguém é pastor ou é um pregador de renome. 

A Bíblia diz que devemos julgar "os que estão de dentro", ou seja, temos que julgar os que estão dentro da casa de Deus, não difamando esta pessoa, mas não aceitando ações errôneas, mas devemos orar por quem está errando e muitas vezes, falar a verdade sobre esta pessoa, é uma forma de corrigir o erro. Vamos à Bíblia:

Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem;
Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo.
Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais.
Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro?
Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai pois dentre vós a esse iníquo.

1 Coríntios 5:9-13

E você, o que acha?

Acredita que todas estas polêmicas contra o pastor são verdadeiras? 
Dê sua opinião!