sábado, 31 de maio de 2014

Entrevista: Pastor Samuel Mariano





Samuel Mariano da Silva, casado, compositor e cantor, evangélico, membro da Assembleia de Deus em Barreiros, Pernambuco, cujo pastor é Otávio Moura, vai nos contar hoje um pouco sobre sua história e ministério, que a cada dia tem crescido, conquistado e alcançado um público cada vez maior.

Pergunta: A paz do Senhor irmão Samuel Mariano, antes de iniciarmos propriamente a entrevista, gostaria que você fizesse uma apresentação de sua pessoa.

SAMUEL MARIANO: Servo, apenas servo!

PERGUNTA: Como foi sua infância?

SAMUEL MARIANO: Na igreja, feliz com Deus e com meus pais. Levava uma vida simples, no campo, costumava acompanhar meu pai nas escalas dos cultos, me dediquei à música muito cedo, com 10 anos já tocava violão, teclado e outros instrumentos. Porém, era muito difícil para estudar porque tinha que caminhar 12 km a pé.

PERGUNTA: Você nasceu em um lar evangélico?

SAMUEL MARIANO: Sim, sim.

PERGUNTA: Quando você descobriu que queria ser um cantor?

SAMUEL MARIANO: Bom, sempre cantei na igreja e louvar sempre foi um prazer, mas Deus me surpreendeu, Ele tinha muito mais do que eu pensava preparado para mim. Creio que, na verdade, não fui eu que quis ser cantor, mas Deus assim o quis, já era plano de dEle.


Veja um vídeo do cantor, logo abaixo:


PERGUNTA: Desde que idade você canta?

SAMUEL MARIANO: Desde os 7 (sete) anos.

PERGUNTA: Você enfrentou muitas dificuldades até chegar onde se encontra hoje, com 4 (quatro) CDs gravados?

SAMUEL MARIANO: Sim, muitas, todo cantor sofre em início de carreira.

PERGUNTA: Você pode citar as principais (dificuldades)?

SAMUEL MARIANO: Falta de responsabilidade de quem convidava, porque não cumpria os tratados.

PERGUNTA: Compreendo, mas quais as piores consequências disso?

SAMUEL MARIANO: Falta de grana. Você fica sem estrutura para manter a carreira.

PERGUNTA: Você se sentiu um pouco desamparado quanto a patrocínio no inicio da carreira?

SAMUEL MARIANO: Não, porque quem fez meu CD foi meu pastor. Melhor investimento não há!

PERGUNTA: Mas também há as despesas com viagens para atender aos convites.

SAMUEL MARIANO: Sim, sim.

PERGUNTA: Como você lidava com isso?

SAMUEL MARIANO: Arrumava emprestado e cobria as despesas.

PERGUNTA: Você sempre compôs suas próprias músicas?

SAMUEL MARIANO: Não. No início éramos eu, minha mãe e meu irmão mais velho, o Júnior.